segunda-feira, 12 de março de 2012

Existe união no meio das igrejas? Somos de Cristo ou da Denominação X?

UNIÃO
“Oh quão bom e quão agradável é que os irmãos
 Vivam em união!”
Salmos 133


"NASCEMOS PARA A UNIÃO." (CÍCERO)

Neste estudo iremos abordar um assunto que é tão falado, mas não vivido na sua profundidade. Isto patente nas várias denominações ou templos abertos.

133.1 – É BOM E AGRADÁVEL QUE OS IRMÃOS VIVAM EM UNIÃO.
CARACTERÍSTICAS DA DESUNIÃO
* Dissensão revela o ato de ser carnal (1 Co 3.3-5);

* Uma casa dividida não subsiste, eis a urgência da união (Mt 12.25);

"A SOBERBA PROVOCA A DESUNIÃO, O AMOR, A UNIÃO."
(SANTO AGOSTINHO)

SEGREDOS DA UNIÃO (HARMONIA/COESO)
* Através do consenso se faz a caminhada (Amós 3.3);

* Condição básica do amor a Deus é amando ao próximo (1 Jo 4.20,21);

* É imprescindível suportar uns aos outros em amor (Ef 4.1-3);

* Alegrar-se ou chorar juntos em quaisquer circunstâncias (Rm 12.15;
 1 Co 12.25,26);

 * Somos um e devemos viver um mesmo objetivo (1 Co 12.12; Atos 2.44-46; Jz 20.11; Ef 4.16 Jo 17.11-23);

“NO ESSENCIAL, UNIDADE; NO SECUNDÁRIO, TOLERÂNCIA;
EM TUDO, AMOR”.

* É necessário viver a paz com todos, quando depender de nós
 (Rm 12.18; Hb 12.14).

133.2 – É como o óleo precioso sobre a cabeça, descendo sobre a barba, a barba de Arão, que desce sobre a orla de suas vestes.
Baseado na unção do sumo sacerdote, o salmista Davi escreveu estes versos, nos mostrando que o óleo (amor de Deus) que é derramado cobre todo o corpo a igreja de Cristo, sem falhas.

133.3 – Como o orvalho (neve) do Hermom (hb. montanha sagrada), descendo sobre os montes de Sião (hb. fortaleza); porque ali o Senhor ordenou a benção, e a vida para sempre.
* Podia se notar uma neve no pico que ao derreter, serve de suprimento de água para o rio Jordão, e daí para o Mar Morto.

Monte Sião hoje é representado pelo templo ou qualquer outro lugar onde alguém se reúne em nome do Senhor Jesus Cristo (Mt 18.20; Jo 4.20-24), porque ali o Senhor ordena para que venham sobre os que estiverem reunidos (sobre nós) a benção e a vida para sempre.

Sigamos o exemplo do mestre por excelência Jesus Cristo, apesar de não concordar com algo na sinagoga não deixava de estar juntos deles e refletir no que Paulo dize não sou de a ou b sou de Cristo 1 Co 3.3-5.

Estudo bíblico elaborado pelo Diác. Robson Santo, Colina, Cariacica (ES).

Fonte:
Bíblia com ajudas adicionais, Editora Alfalit Brasil, ano 2000.
Santos, João Batista Ribeiro, Dicionário Bíblico, Editora Templus,
Pequena Enciclopédia Biblica, Editora Vida, ano 2011.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...