quinta-feira, 19 de julho de 2012

A Escola Dominical e a formação de leitores funcionais (2ª parte)


Claudionor de Andrade

Dando prosseguimento ao nosso assunto, vejamos agora um pouco sobre os benefícios da leitura funcional.

Vários são os benefícios da leitura funcional: disciplina o espírito; recreia a mente; aperfeiçoa a fluência verbal; abre novos horizontes. Atentemos para cada um desses benefícios.
1) Disciplina o espírito.  A leitura funcional pressupõe, automaticamente, um espírito disciplinado, pois somente este tem condições de, em contato com o livro, extrair-lhe a essência. É um exercício de abstração, lógica e verbalização.

Escreve Richard Steele: “A leitura é para a inteligência o que o exercício é para o corpo”.

2) Recreia a mente. O contato com um bom livro não traz apenas cultura, mas recreia a mente, levando-a a lugares onde jamais poderíamos estar fisicamente. Nenhuma invenção será capaz de substituir o prazer que uma boa leitura proporciona-nos.

Sobre esse benefício do livro, declara Descartes: “A leitura de todos os bons livros é como uma conversação com os melhores espíritos dos séculos passados, que foram seus autores, e até uma conversação estudada, em que eles só desdobrem seus melhores pensamentos”.  

Através dos livros, viajamos aos lugares mais distantes e conhecemos personagens que, devido às nossas limitações temporais e espaciais, jamais conheceríamos. Os livros outorgam-nos um passaporte universal; fazem-nos cidadãos do mundo.

3) Aperfeiçoa a fluência verbal. Como pensar, falar e escrever com fluência? Através da leitura funcional, somos capacitados a aumentar a fluência verbal que nos concedeu o Criador. Os livros concedem-nos o dom da expressão.

4) Abre novos horizontes. Se você quer, realmente, alargar seus horizontes, torne-se amigo dos livros. Por intermédio destes, redescobrimos nossas potencialidades e ultrapassamos nossos limites.

Eis como belamente se expressa La Bruyére: “Quando uma leitura vos eleva o espírito e vos inspira sentimentos nobres e corajosos, não procureis outra regra para julgar a obra; é boa e feita de mão de operário”.

Leitura funcional na Escola Dominical


“Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça, para que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente instruído para toda boa obra” (2Tm 3.16,17).

Tendo como objetivo evangelizar enquanto ensina, a Escola Dominical possui uma forte vocação educacional e cultural. Por isto, encaminha natural e compulsivamente, professores e alunos a que se tornem leitores funcionais.

Esta formação advém-nos por intermédio da leitura e do estudo sistemático da: Bíblia Sagrada, Lição Bíblica, livros de apoio e livros devocionais.

Dessa forma, a Escola Dominical logra obter o que muitos educandários seculares jamais alcançam: uma geração de leitores funcionais, que muito ajudará na formação histórica, moral e espiritual de suas respectivas sociedades.

Se os educadores cristãos agirmos com denodo e zelo, certamente faremos de nossos alunos grandes leitores funcionais. Aliás, o crente que, verazmente, ama o Senhor, interage, desde o início da fé, com a Bíblia Sagrada. Pois esta é a expressão máxima do amor divino. Como ficar-lhe indiferente? De leitor primário, eis o servo de Deus já na condição de leitor ardentemente apaixonado pelo que o Noivo nos escreveu. É uma carta de amor que não pode cair no esquecimento.  
 

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...