segunda-feira, 8 de outubro de 2012

GUARDANDO OS MANDAMENTOS PARA UM AVIVAMENTO


Guarda-te para não se esquecer do Senhor teu Deus (Dt 8.11a). (Jz 2.10; Jo 8.31,32; 2 Rs 18.5-7; 22, 23)

OBJETIVO
Expor que é indispensável o conhecimento dos mandamentos e permanecer no Senhor para retenção dos mesmos no coração resultando em avivamento genuíno.

IDEIA CENTRAL DO TEXTO
Uma geração que não conhecia ao Senhor e nem as suas obras.

INTRODUÇÃO
Diante desta oportunidade única louvo o nome do Senhor por compartilhar com vocês, o conhecimento recebido da parte de Deus.

Perante este tema tão expressivo, vem uma indagação: Guardamos os mandamentos? Quais mandamentos são pra Igreja? O que a nossa Geração conhece de Deus? Ao que precisamos retornar?

É interessante voltar um pouco no contexto histórico, da geração de Israel que saíram do Egito, apenas Josué e Calebe e a nova geração entrariam em Canaã (Nm 14.22,30-32). O livro de Deuteronômio é que chamamos de “Segunda Lei ou repetição da Lei” para a nova geração que tomariam posse da terra e que ainda não conhecia a lei do Senhor e os seus feitos.

Após a morte de Josué já na terra, levantou-se uma geração que não conhecia ao Senhor, nem a obra que fizera a Israel, resultando em desvio espiritual e obras más (Jz 2.10,11).

Diante do exposto quero vos apresentar momentos de busca pela Palavra que resultaram em avivamento e fundamentar que é possível através da geração presente um agir extraordinário de Deus se guardar sua palavra que é o mandamento divino para todo que crê.

DEFINIÇÕES RELEVANTES:
Conhecer (manter relacionamento com alguém): A palavra grega é epignosis {ep-ig'-no-sis}, que significa "estar completamente familiarizado, conhecer inteiramente, conhecer corretamente, conhecer bem" (Thayer).

Mandamento: Ordem, preceito.

Avivar: Animar; Avigorar Reanimar; Recobrar; Despertar; Tornar mais forte, vivo; intenso, realçado, ativo, ágil; Aumentar; Aviventar; Destacar, mais nítido; Apressar;
Esquecer: Perder a lembrança de uma pessoa ou uma coisa; Não pensar em: esqueçamos o passado. Deixar por inadvertência; Omitir por negligência, faltar a: Deixar de lado, abandonar. Não ter nenhuma consideração. V.pr. Deixar de lembrar-se; descuidar-se, distrair-se.
O QUE É O AVIVAMENTO
Retorno aos princípios que caracterizavam a Igreja Primitiva. Retorno à Bíblia como a nossa única regra de fé e prática. Retomada da oração. Regresso à Grande Comissão, cujo lema continua a ser: Até aos confins da terra.

 O avivamento só é possível através do estudo amoroso, persistente e sistemático da Bíblia Sagrada.

AVIVAMENTO NOS TEMPOS BÍBLICOS

1.  Avivamento produzido por Esdras e Neemeias – Ne 8.8,9:
·      TODO O POVO CHORAVA, OUVINDO AS PALAVRAS DA LEI. Quando o povo ouviu e entendeu a Palavra de DEUS, todos experimentaram uma profunda convicção do pecado e da culpa. (1) Os trechos da lei que continham uma clara revelação da condição espiritual do povo podem ter sido Lv 26 e Dt 28; trechos estes que falam da bênção ou juízo divino, conforme a obediência ou desobediência do povo à Palavra de DEUS.

2.  Avivamento promovido pelo rei Josias teve início com a descoberta do Livro da Lei na Casa do Senhor (2 Rs 22.8; 18-20).
·       O LIVRO DA LEI. O "livro da lei" que Hilquias achou, tratava-se da lei que fora dada "pelas mãos de Moisés" (2 Cr 34.14); era, sem dúvida, um exemplar do Pentateuco, ou seja: os cinco primeiros livros da Bíblia (cf. 23.25; Dt 31.24-26).

DIANTE DA GERAÇÃO QUE NÃO CONHECE AO SENHOR, É NECESSÁRIO:

·      Esdras que preparem o seu coração para buscar a lei do Senhor e cumprir e a ensinar (Ed 7.10);
·      Pais que ensinem aos seus filhos os caminhos do Senhor (Dt 6.5-9);
·      Obreiros que não troquem a Palavra por outros afazeres (At 6.3,4);
·      Pedro que falem cheios do Espírito Santo (At 10.44);
·      De jovens que sejam exemplo dos fies (Daniel, Ananias, Azarias e Misael e Timóteo)

RAZÕES PARA GUARDAR OS MANDAMENTOS

·      Para não pecar contra Deus (Sl 119.11);
·      Ser bem aventurados (Ap 1.3; Sl 119.2);
·      Receber a promessa de sermos protegidos ao guardar a Palavra (Ap 3.10);
·      Receber a promessa de prosperidade e sucesso (Js 1.7-9);
·      Ser abençoados em tudo (Dt 28.1-9);
·      Conhecer a verdade e ser liberto (Jo 8.31,32);
·      Permanecer no amor do Senhor (Jo 15.10-12);
·      Conhecer a Deus profundamente (1 Jo 2.3-7);
·      A vós jovens guardar os mandamentos é o meio para vencer o maligno (1 Jo 2.14);
·      Ter a presença do Consolador e a presença do Pai (Jo 14.15-18);
·      Ter as orações atendidas (Jo 15.7);
·      Para não se esquecer do Senhor teu Deus (Dt 6.12)

CONCLUSÃO

O que aprendemos aqui?
1.  Avivamento genuíno só acontece através do Espírito Santo mediante sua Palavra;
2.  A falta de ensinamento e pregação bíblica traz desvio espiritual, sendo necessário um avivamento;
3.  Exposição autêntica da bíblia resulta em guardar os mandamentos e em nova vida espiritual.

De acordo com Arthur Wallis, o avivamento é a intervenção divina no curso normal das coisas. No tempo de Esdras, o avivamento veio através do ensino das Sagradas Escrituras. Portanto, se quisermos igrejas avivadas, comecemos pela Palavra de DEUS. Sem ela, não pode haver avivamento. (Extra BEP = Bíblia de Estudos Pentecostal - CPAD) 

“Avivar significa assoprar as brasas, remover as cinzas e ver surgir o fogo que queima  pecados e aquece a alma do crente.”

Fonte:
Bíblia de Ajudas Adicionais, Editora Alfalit.
http://www.apazdosenhor.org.br/profhenrique/licao6-nic-4tr11-neemiaslideraavivamento.htm

Estudo elaborado pelo Diác. Robson G. Santos, AD de Colina – Cariacica (ES), em 04/10/12.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...