terça-feira, 13 de novembro de 2012

Á célebre indagação “...como pode o homem ser justo para com Deus?” (Jó 9.2)


A JUSTIFICAÇÃO PELA FÉ  (Rm. Cap. 1)

OBJETIVO
Entender as principias doutrinas cristãs por meio deste livro tão singular e ser impactados pela revelação divina contidas nestes  textos.

IDEIA CENTRAL DO TEXTO
A justiça pela fé.

“A cruz é o caminho de volta para casa.” (Mauricio Pinheiro).

 INTRODUÇÃO

Epístola aos Romanos é uma resposta completa, lógica e reveladora para a grande pergunta da humanidade em todos os tempos: “Como pode o homem ser justo para com Deus?” (Jó 9.2). A discussão sobre o tema justificação toma o espaço dos capítulos 1 ao 5. A base dos argumentos de Paulo é a longânime, infalível e eterna justiça de Deus.”
“João Crisóstomo, o maior pregador do século V, pedia que Romanos fosse lido em alta voz uma vez por semana. Agostinho, Lutero e Wesley, três figuras extremamente importantes para a nossa herança cristã, viveram a firmeza da fé através do impacto da carta aos Romanos em suas vidas. Todos os reformadores da igreja viam Romanos como sendo a chave divina para o entendimento de toda a Escritura, já que aqui Paulo une todos os grandes temas da Bíblia.”
Ao escrever essa Epístola Paulo estava em Corinto, na casa de Gaio (16.23) cristão rico daquela cidade, por ocasião de sua terceira viagem missionária. A carta não é escrita de próprio punho, Tércio se apresenta como o escritor (16.22).
Este estudo não tem finalidade ser exaustivo, tendo por isto continuidade...

EVANGELHO DE DEUS:
 1. O que é o evangelho?  O que é envergonhar do evangelho?
·      Evangelho do grego se traduz por “boas novas”, o que de Deus se pode conhecer ele mesmo revelou nas escrituras, na natureza e nas coisas criadas (Vs. 19,20; Hb 1.1,2; Sl 19.1);
·      Apesar da simplicidade do Evangelho e dos testemunhos de dores revelado nele não podemos nos envergonhar ou omitir quem somos, pois é o Poder de Deus (2 Tm 1.8-10, Rm 1.16,17; Mc 8.34-38);

JUSTIÇA PELA FÉ:
 2. Como ser justo? Definição de justificação pela fé.
 ·      Não podemos ser justos pelas nossas próprias obras, mas em Cristo Jesus somos perdoados, justificados e conduzidos a Deus (Ef. 1.4-10);

CONCLUSÃO
O que aprendemos aqui?
1.  Não fomos nós que encontramos Deus, Ele é quem se revelou.
2.  Somos justificados quando cremos na obra vicária de Cristo Jesus.
3.  O Evangelho apesar de sua simplicidade é suficiente para impactar a humanidade.
4.  As nossas obras não são suficientes para nos justificar, somente Jesus o pode fazer.
5.  A justiça de Deus é pela fé nele, em tudo Ele opera com amor e retidão para salvação da humanidade.

Fonte:
Bíblia de Ajudas Adicionais, Editora Alfalit.
http://www.santovivo.net/gpage217.aspx

Estudo elaborado pelo Diác. Robson G. Santos, Colina – Cariacica (ES), em 12/11/12.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...