segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Dinâmica e Subsídios - Lição 09: Habacuque – A Soberania Divina sobre as Nações - Jovens e Adultos: Os Doze Profetas Menores


Professoras e professores, para esta lição, apresento as seguintes sugestões:
- Iniciem a aula, falando: A aula de hoje será sobre o livro de profeta Habacuque, o oitavo de uma série de 12 livros que compõem os Profetas Menores.  A lição tem como título “Habacuque – A Soberania Divina sobre as Nações”.

Ops! Não está faltando alguma coisa para iniciar a aula?
Costumeiramente e repetidamente coloco aquela parte(que vocês já conhecem) que deve acontecer antes de começar  o estudo da lição. Mas, pode ser que alguém não se lembre e haja algum visitante novato neste blog, então vou expor novamente o que vocês devem fazer para iniciar uma aula:
“ Iniciem a aula, cumprimentando os alunos, perguntem como passaram a semana. Escutem atentamente as falas dos alunos e observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração. Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou e-mail.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
Compreendem a importância desse ato?
Vocês realmente estão fazendo isto?”

- Agora, vocês iniciam o estudo da lição, falando: A aula de hoje será sobre o livro de profeta Habacuque, o oitavo de uma série de 12 livros que compõem os Profetas Menores.  A lição tem como título “Habacuque – A Soberania Divina sobre as Nações”.

- Trabalhem o conteúdo proposto na lição de forma objetiva, sem suprimir partes importantes.
Leiam a lição pelo menos 02 vezes, anotem os pontos mais relevantes. Pesquisem sobre este tema em livros e sites confiáveis. Não percam o foco do tema da aula, daí a importância de levantar pontos principais. Preparem-se para ministrar a aula!

Leiam o texto “A Aula”(postado abaixo), que apresenta várias informações de como ministrar uma aula.

- Como trabalhar o tema:
1 – Contexto histórico da época do profeta Habacuque
2 – Partes do livro e suas características
3 – Mensagem principal do livro
4 – O conteúdo da lição deve ser  trabalhado, buscando o envolvimento do aluno com a aula e contextualizando o tema com a vida do seu aluno. Dessa, forma aprendizagem será mais significativa.

- Utilizem o texto “Pés Rápidos”,que trata de uma estória de um jogador de Rugbi que escreveu  nas suas chuteiras, Hb 3.19: “O Senhor, o Soberano, é a minha força; ele faz os meus pés como os do cervo; faz-me andar em lugares altos”.

- Para concluir a aula, utilizem a dinâmica “O Abraço”, que proporcionará o trabalho sobre o significado dos nomes dos alunos e dos profetas menores, enfatizando que “abraço” é o significado do nome de Habacuque.

Tenham uma excelente e produtiva aula!

Texto Pedagógico: A Aula
De posse de um planejamento de ensino, o professor deve observar algumas orientações para a execução da aula, para que haja uma condução adequada do que vai ser estudado e o tempo destinado para tal fim.


 Para efeitos didáticos, a aula está dividida em três partes:
1 – Introdução
            Nesse momento, você deve cumprimentar os alunos, apresentar os visitantes, perguntar como eles estão, como passaram a semana e depois disto deve falar sobre o tema da aula, situando-o no contexto das lições anteriores.

2 – Desenvolvimento
            Esta etapa da aula é a mais longa, por isso você deve trabalhar o tema, dinamizando o ensino, diversificando os recursos a cada aula, para que haja sempre o elemento surpresa.
Procure expor em primeiro lugar as partes mais importantes do assunto e contextualize-o com a vida do seu aluno para que a aprendizagem seja significativa. Para tanto, leia a lição pelo menos 02 vezes, anote os pontos mais relevantes. Não percam o foco do tema da aula, daí a importância de levantar pontos principais.
Utilize de forma adequada o tempo de aula, abordando o tema em estudo com segurança, clareza e objetividade. Não se esqueça de promover a participação dos alunos na aula.
Lembrem-se   que o aluno aprende:
10% do que ouve
20% do que vê
50% do que ouve e vê
70% do que ouve, vê e fala
90% do que ouve, vê, fala e faz.
Diante disso, oportunizem aos alunos situações que envolvam, além da audição, elementos visuais, atividades que promovam a fala e o fazer. Pois, quanto mais sentidos envolvidos na aprendizagem, mais eficaz ela será.
            Prepare-se para ministrar a aula, o aluno percebe quando você não estudou ou não está seguro. Pesquisem sobre este tema em livros e sites confiáveis.  Não passe a aula lendo a lição, nem contando estórias para preencher o tempo. Utilizar-se de um fato para exemplificar do tema é bom, mas deve ser de forma sucinta.
            Durante a aula, caminhe na frente da classe, não permaneça em um só lugar e procure olhar para todos os alunos, não deve ficar com a visão centralizada em só ponto. Observe a expressão facial e postura corporal dos alunos, pois estes dois elementos “falam” sobre a atenção, o entendimento do tema, se o aluno está interessado e motivado etc. A postura do professor também é muito importante, deve  demonstrar que está feliz e alegre  por estar ensinando.
            Observe qual o momento mais adequado da aula para mencionar os aniversariantes, fazer pedidos de oração e agradecimentos, e ainda combinar algo específico com a turma. Veja com o secretário da classe, quais os alunos que estão faltando e procure comunicar-se com eles. Dessa forma, você está criando vínculo afetivo com a turma.

3 – Conclusão
            Nesse momento, você deve, de forma objetiva, fazer um fechamento da aula. Você pode ainda fornecer bibliografia sobre o tema para que os alunos se aprofundem no assunto e também fornecer alguma orientação para a aula seguinte, caso necessário.

            “... Se é ensinar, haja dedicação ao ensino.” Rm 12.7.

Por Sulamita Macedo.
Objetivos:
- Trabalhar o significado dos nomes dos alunos e dos profetas menores, enfatizando que “abraço” é o significado do nome de Habacuque.
- Promover momento de socialização, demonstrando afeto através do abraço.

Material:
Papel com o nome do aluno e seu significado.
Texto “Abraços”(postado no procedimento).

Procedimento:
- Falem sobre o significado dos nomes dos profetas menores estudados até a aula de hoje.
Oseias – Salvação
Joel – O Senhor é Deus
Amós – Carregador de fardos
Obadias – Servo do Senhor
Jonas – Pombo
Miqueias – Quem é semelhante a Jeová
Naum – Consolo
Habacuque – Abraço
- Depois entreguem para cada aluno o significado do nome dele, por exemplo: 
            Sulamita
            Perfeição

Para isto, vocês devem saber os nomes dos alunos. Aliás, todo professor deve saber o nome dos seus alunos!
Depois, procurar em sites o significado do nome de cada aluno. É uma pesquisa que requer paciência, pois há necessidade de procurar em vários sites.
Há nomes que vocês não encontrarão o significado. Então, ao entregar o papel sem o significado, peçam ao aluno para que fale o que sabe sobre seu nome, quem escolheu etc.
- Agora, enfatizem que ABRAÇO é o significado do nome de Habacuque.
Depois, falem: Que tal dar um abraço nos colegas? Antes, porém, uma orientação: ao abraçar o colega fale para ele sobre o significado do seu nome.
Então, leiam o texto “Abraços”:

ABRAÇOS
É impressionante o que um abraço pode fazer,
Um abraço nos anima a continuar a viver,
Um abraço pode transmitir o amor de um amigo,
Ou dizer: "Ainda que vás, estarei contigo”.

Um abraço diz, "Que bom que você voltou".
"Que bom te ver", ou "Por onde você andou?"
Um abraço consola uma criança a chorar,
É o arco-íris depois da chuva passar.

O abraço, meu amigo, pode crer
Que sem ele ninguém poderia viver.
Como são animadores os abraços,
Foi por isso que Deus nos deu braços?

Abraços são ótimos para pais e mães,
São um ato de amor entre irmãos e irmãs.
E é bem capaz que certas tias favoritas
Os considerem uma das coisas mais bonitas.

Gatinhos os imploram. Cachorrinhos os adoram.
E nem os Chefes de Estado os ignoram.
Um abraço quebra as barreiras da linguagem,
E compensa qualquer outra desvantagem.

Não se preocupe em os poupar,
Quanto mais der, mais vai ganhar.
Então olhe para alguém ao seu lado,
E dê-lhe já um abraço bem apertado!
Autoria desconhecida.

- Após, esta socialização leiam Ec 3.1b e 5b.
“... há tempo para todo o propósito debaixo do céu. ...tempo de abraçar e tempo de afastar-se de abraçar.”

- Então, falem: Devemos abraçar enquanto nossos colegas e familiares estão perto, então aproveitemos as oportunidades e tenhamos expressões de afeto, carinho etc.

Por Sulamita Macedo.
Texto de Reflexão: Pés Rápidos

            Fui ao Chile para uma conferência bíblica e estava no hotel, descansando, quando um jogo de rúgbi apareceu na televisão. Embora eu não entenda muito bem esse jogo, gosto de assisti-lo e admiro a coragem que é necessária para se praticar um esporte tão perigoso.

           
Durante o jogo, um dos jogadores franceses se machucou e teve que ser retirado do campo. Enquanto os treinadores o atendiam, a televisão mostrou de perto suas chuteiras. O jogador havia escrito com caneta preta as palavras: “Habacuque 3.19” e “Jesus é o caminho”. Tais expressões de fé e esperança foram um forte testemunho das prioridades e valores daquele jovem atleta.
            O versículo citado no calçado daquele jogador não é apenas um que fala de esperança celestial e perseverança na fé. É um versículo de valor prático, especialmente para um atleta que depende da velocidade para conseguir sucesso. Ele diz: “O Senhor, o Soberano, é a minha força; ele faz os meus pés como os do cervo; faz-me andar em lugares altos”.
            Em tudo na vida, precisamos das forças e da provisão de nosso Deus. Somente ele pode nos dar “pés” que são rápidos e fortes. Somente ele pode equipar-nos para todas as incertezas da vida, pois somente ele é a nossa força. Como Paulo, podemos estar seguros: “O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês” (Filipenses 4.19). WEC

Fonte: Nosso Andar Diário( 10.03.2008)

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...