segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Subsídios e Dinâmica - Adolescentes - Currículo do Ano 1: O Relacionamento entre o crente e o mundo - Lição 04: Quem manda em você?


Professoras e professores, para esta lição, apresento as seguintes sugestões:
- Para iniciar a aula, destinem pelo menos 05 minutos para manter um contato com os alunos, antes de introduzir o tema da aula. Para isso, vocês devem perguntar como eles passaram a semana; observem atentamente o que eles estão falando, pois vocês podem detectar se há alguém precisando de oração, de uma conversa etc. Apresentem os visitantes.
Vejam também qual o melhor horário para vocês apresentarem os alunos aniversariantes da semana, se houver.
Com esta atitude, somada aquela do início da aula, vocês estão formando vínculos afetivos com os alunos.
Vocês sabiam que aprendizagem também passa por vínculos afetivos?
- Falem: Na aula de hoje, vamos estudar sobre o controle que devemos ter diante das atividades que executamos e a qualidade dessas ações, com relação ao tempo.
- Perguntem para os alunos:
Quais as atividades que vocês fazem durante a semana e o tempo gasto para cada uma?
Aguardem as respostas, escrevendo no quadro.  Observem se estes pontos abaixo foram mencionados, caso negativo, acrescentem:  
Conversar e sair com os pais/família
Ajudar nos afazeres domésticos(meninos e meninas)
Estudar(na escola e em casa)
Conversar com os amigos da escola, da rua e da igreja(de forma presencial)
Internet: pesquisas, jogos, bate-papo
Igreja(cultos e ensaios e reuniões)
Obs: Pode acontecer de algum aluno omitir o tempo que passa diante do computador, mas vocês, professores, sabem que o tempo que eles navegam é muito grande, e muitas vezes, o que estão vendo e interagindo não é agradável e está deformando o caráter.
- Agora, analisem o tempo gasto para as atividades e reflitam sobre o cuidado com o controle das tarefas, as influências negativas e positivas dessas ações.
- Perguntem: Que tal fazer uma reorganização deste tempo e das atividades?
Então procurem elaborar um cronograma, com a ajuda deles. Enfatizem a importância do controle do tempo, das qualidades das ações, não se deixando dominar por situações e pessoas com influência negativa.
- Depois, leiam:
I Co 15.33 “Não vos enganeis: as más conversações corrompem dos bons costumes”.
Sl 101.03 “Não porei coisa má diante dos meus olhos...”
Cl 2.8a “Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua...”
- Falem ainda sobe outros pontos levantados na lição, buscando sempre a participação dos alunos.
- Para concluir, façam a seguinte atividade:
Em casa:
Leiam o texto: Quem sou eu?(veja abaixo)
Façam uma cópia do texto, corte-o em tirinhas - cada frase numa tirinha(12). Despreze as frases “Quem sou eu?” e  “Sou o HÁBITO!”.
Na aula:
Coloquem no quadro: Quem sou eu?
Distribuam as 12 tirinhas para os alunos, aleatoriamente, não precisa ser na ordem do texto.
Cada aluno deverá ler a frase que recebeu e em seguida vocês falam “Quem sou?” eu até terminar todas as frases.
Obs. Percebem que vocês não podem distribuir a frase Sou o HÁBITO!”, senão perderá o elemento surpresa?

- Anotem as respostas dos alunos e apresentem a sugestão do texto “Quem sou eu?” e  “Sou o HÁBITO!”.
- Agora
- Agora, analisem as respostas dos alunos e o que o texto propõe.
- Para finalizar, leiam I Co 6.12 “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convém: todas as coisas me são lícitas, mas não me deixarei dominar por nenhuma delas”.

Tenham uma excelente e produtiva aula!

Texto da Atividade proposta: "Quem sou eu?"

“Sou seu companheiro constante.
Sou seu maior ajudante ou seu maior fardo.
Eu o empurrarei para frente ou puxarei para o fracasso..
Estou completamente sob seu comando.
Metade das coisas que você faz,  poderão ser entregues a mim e conseguirei executá-las com rapidez e correção.
Sou facilmente controlado, basta que seja firme comigo.
Mostra-me exatamente como quer que algo seja feito, depois de algumas aulas eu o farei automaticamente.
Sou o servo de todas as pessoas notáveis, bem como de todos os fracassados.
Não sou uma máquina, embora trabalhe com a precisão de uma máquina, aliada à inteligência de um ser humano.
Pode me usar para o lucro ou para a ruína,  não faz a menor diferença para mim.
Aceite-me, treine-me, seja firme comigo e colocarei o mundo aos seus pés.
Seja fraco comigo, e eu o destruirei.
Quem sou eu?
Sou o HÁBITO!”
Autoria desconhecida.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...