terça-feira, 30 de abril de 2013

Aula Dinâmica - Pré-adolescentes – Lição 05: Tô sem Vontade!


Professoras e professores, para esta lição, apresento as seguintes sugestões:
- Para iniciar a aula, destinem pelo menos 05 minutos para manter um contato com os alunos, antes de introduzir o tema da aula. Para isso, vocês devem perguntar como eles passaram a semana; observem atentamente o que eles estão falando, pois vocês podem detectar se há alguém precisando de oração, de uma conversa etc. Apresentem os visitantes.
Vejam também qual o melhor horário para vocês apresentarem os alunos aniversariantes da semana, se houver.
Com esta atitude, somada aquela do início da aula, vocês estão formando vínculos afetivos com os alunos.

- Falem sobre o tema da aula: Tô sem vontade!

- Iniciem o estudo do tema, utilizando a dinâmica “Não deixe a bola cair”.

- Trabalhem outros pontos da lição, além dos já abordados na dinâmica, sempre de forma participativa e contextualizada.

Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Não deixe a bola cair
Objetivo: Refletir sobre o ânimo que devemos ter diante dos objetivos traçados e das dificuldades.
Material:
01 bexiga( balão de aniversário) para cada aluno
 ¼ da folha de papel ofício para cada aluno
01 caneta para cada aluno
01 saco de lixo
Chocolates ou balas
Procedimento:
- Entreguem 01 bexiga vazia e ¼ da folha de papel ofício para cada aluno.
- Peçam para que eles escrevam algo que eles desejam alcançar. Depois fazer um rolinho com o papel e colocar dentro da bexiga e encher a bola.
Não se esqueçam de pedir para que os alunos coloquem os nomes deles na bola, usando caneta e sem fazer uma força.
- Solicitem que fiquem em círculo e oriente-os para que joguem as bolas para cima, não deixando que elas caiam, durante aproximadamente 1 minuto.
- Ao término do tempo estabelecido, orientem para que cada aluno pegue uma bola e vejam o nome e entreguem ao dono.
Orientem para que não estourem a bola.
Quando todos estiverem com suas bolas, falem: O tema da aula de hoje trata sobre o ânino, desânino, falta de coragem, perseverança diante dos desafios.
- Vamos agora sentar e pensar um pouco sobre o que tem a ver esta brincadeira com a aula de hoje?
Então, reflitam e conversem com os alunos sobre:
Ação de encher a bola: representa esforço pessoal para dar forma ao sonho, ao objetivo.
Jogar a bola para cima: representa as atitudes positivas, de ânimo.
Não deixar a bola cair: este momento representa a persistência que devemos ter quanto lutamos por alguma coisa.
- Agora, falem: cada aluno deverá cuidar de sua bola até o final da aula, não estourando, não deixando que ela voe.
- Ao final da aula, vejam quem cuidou do seu sonho, de sua bola e deem  um chocolate ou bala.
Depois, falem sobre o que isto pode significar: ter atitude, vontade, ânimo, paciência para esperar a concretização dos desejos, dos objetivos, ficando feliz pela doce conquista.
- Para, finalizar peçam para que os alunos estourem as bolas e recolham todos os papéis e entreguem para vocês. As bolas estouradas deverão ser colocadas no saco de lixo.
Com os papéis na mão, façam uma oração pelos alunos.
Por Sulamita Macedo.

Indicação de Leitura: Leiam  02 textos  sobre o sono na adolescência, que servirão de subsídio para vocês nestes temas abordados nas lições.

Texto 01: Adolescência e qualidade do sono
Excesso de sono pode não ser preguiça: mudanças hormonais e maus hábitos provocam maior sonolência
Se você é pai ou mãe de adolescente e está preocupado com o sono excessivo do seu filho, saiba que existe uma resposta para toda esta sonolência que passa muito longe da simples preguiça ou desprezo pelos estudos.
Segundo afirma o coordenador do Laboratório de Sono do Hospital Português, Francisco Hora Fontes, as necessidades de sono do adolescente são bem diferentes do padrão estabelecido para outras faixas etárias.
"Na adolescência, ocorrem grandes mudanças hormonais com repercussões importantes do ponto de vista físico e emocional. O sono e a vigília não fogem à regra", diz o pneumologista e especialista em distúrbios do sono.
Fontes acrescenta que a tendência à excessiva sonolência diurna é mais marcante na adolescência do que na infância. Nesta fase da vida, também passa a existir uma predisposição para ir dormir mais tarde.
Tal predisposição, continua Hora Fontes, deve-se a modificações no ritmo cronobiológico dos adolescentes, também realçado por influências comportamentais, o que resulta em períodos insuficientes de sono.
"Esta privação crônica de sono irá determinar cansaço ou desejo de dormir durante o dia, grande dificuldade para acordar pela manhã, bocejos e adormecimento em sala de aula, como também, em situações mais graves, irritabilidade, ansiedade, baixa auto-estima ou até mesmo depressão", pontua Francisco Hora.
Além do mais, ainda existe a sensação, entre os adolescentes, de que dormir é uma perda de tempo, durante o qual eles poderiam estar curtindo a vida ou passando por experiências, na opinião deles, mais interessantes.
"Hoje em dia, por exemplo, é muito difícil disciplinar o uso noturno da internet pelos adolescentes e é óbvio esperar rapazes e moças com baixa produtividade e queda de rendimento cognitivo no dia seguinte o que, em algumas estatísticas, aponta até para uma maior ocorrência de acidentes automobilísticos entre jovens, em determinadas horas".
O especialista recomenda que os jovens atentem para a importância de evitar noites em claro, prolongamento do sono diurno, acordar depois do meio-dia, praticar atividades esportivas no período noturno e usar descontroladamente o celular e internet durante a noite.

Texto 02: Sono na adolescência
O dormir na adolescência é tão importante quanto em qualquer outra fase da vida, já que durante o sono importantes funções cerebrais ocorrem e o corpo se prepara para as atividades do dia. Portanto, o sono é vital para o bem estar, tanto quanto alimentar. Os adolescentes levam de cinco a dez minutos para “pegar no sono” e, geralmente, precisam dormir em torno de 9 horas e meia por noite para desenvolver bem suas atividades diárias na escola e em casa.

O ideal é que, se estudam pela manhã, procurem ir para a cama mais cedo. Quando isto não acontece, pelo fato do jovem ficar acordado até mais tarde, seja no computador ou na televisão, quebra o ciclo natural do sono, criando uma série de situações conflituosas em casa, na escola e com ele mesmo. Sempre necessita da ajuda de um despertador ou de alguém da família para acorda-lo, está sempre atrasado para os seus compromissos e tem dificuldade de se manter alerta durante as aulas. Porque se privar do sono necessário, passa a sentir sonolência durante o dia e não sentir ânimo para estudar ou praticar esportes.
            A privação do sono nesta fase pode ter como consequências:
- Limitar a capacidade de aprender, escutar, concentrar e resolver problemas, provocando baixo rendimento escolar. 
- Levar ao comportamento agressivo e à impaciência com os colegas, professores ou membros da família, gerando situações de conflito e ansiedade.
- Provocar a ansiedade e fazer com que o jovem coma em demasia, levando ao ganho de peso.
- Sonolência diurna com cochilos, atrapalhando o adolescente na realização de suas tarefas diárias.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...