segunda-feira, 1 de abril de 2013

PROBLEMAS NAS FAMÍLIAS DO SÉCULO XXI


LIÇÕES BÍBLICAS DO 2º TRIMESTRE DE 2013


No 2º Trimestre de 2013 estudaremos, através das Lições Bíblicas da CPAD, sobre o tema: “A Família Cristã no Século XXI: protegendo seu Lar dos ataques do inimigo”. As lições serão comentadas pelo pastor Elinaldo Renovato. Foram divididas nos seguintes temas:

 

Lição 1 - Família, Criação de Deus
Lição 2 - O Casamento Bíblico
Lição 3 - As Bases do Casamento Cristão
Lição 4 - A Família Sob Ataque
Lição 5 - Conflitos na Família
Lição 6 - A Infidelidade Conjugal
Lição 7 - O Divórcio
Lição 8 - Educação Cristã, Responsabilidade dos Pais
Lição 9 - A Família e a Sexualidade
Lição 10 - A Necessidade e a Urgência do Culto Doméstico
Lição 11 - A Família e a Escola Dominical
Lição 12 - A Família e a Igreja
Lição 13 - Eu e Minha Casa Serviremos ao Senhor

-------

PROBLEMAS NAS FAMÍLIAS DO SÉCULO XXI

A família é o tema deste 2º trimestre de 2013 em nossa Escola Bíblica Dominical. Muitos são os problemas que a família brasileira vem enfrentando nestes dias que antecedem a vinda do Senhor para arrebatar a Sua Igreja. Todavia, não devemos nos admirar com tais problemas, porquanto são nada mais, nada menos do que o cumprimento da Palavra de Deus. Com efeito, ao anunciar os sinais de Sua vinda, Jesus afirmou que, no período imediatamente anterior ao arrebatamento da Igreja, reviveríamos os dias de Noé, onde as pessoas casavam e davam-se em casamento (Mt 24:38), ou seja, onde as pessoas pouco se importavam com a constituição de famílias, tornando a instituição familiar descartável e completamente dependente do humor e dos desejos e paixões dos indivíduos.
O apóstolo Paulo, também, afirmou que, nestes dias, seria característica predominante esta total desconsideração dos valores familiares, tanto que os homens seriam desobedientes a pais e mães, ingratos, sem afeto natural, sem amor para com os bons, traidores, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus (2Tm 3:1-4), propriedades que atingem e ferem de morte a instituição familiar.

Não deveríamos, pois, esperar outra coisa senão a total falência da família num mundo pecaminoso, sem Deus e sem salvação, até porque, como nos ensinam as Escrituras, este mundo segue a vontade do deus deste século, que se levanta contra tudo o que é criado por Deus (Ef 2:2,3; 2Co 4:4) e a família é, simplesmente, a primeira instituição criada por Deus na terra (Gn 2:23,24). Assim, para quem veio matar, roubar e destruir (João 10:10), não há, mesmo, trabalho mais importante senão a destruição e esfacelamento da família.

É por isso que um estudo sobre a família, nos nossos dias, se apresenta como uma imperiosa necessidade para aqueles que entregaram suas vidas a Jesus e que O estão esperando para vir arrebatar a Sua Igreja.

Nenhum outro trabalho satânico tem sido tão cuidadoso e exitoso quanto o esfacelamento e a destruição das famílias. A imoralidade, a prostituição, as drogas, o divórcio e tantas outras ferramentas têm sido astutamente utilizadas pelo adversário das nossas almas e têm conseguido atingir milhões e milhões de vidas, e, através disto, prejudicado intensamente o trabalho da Igreja na evangelização dos povos.

O século XXI demonstra ser o século do caos na família: degradação moral, desestruturação do núcleo familiar, secularização, etc. Veja, a seguir, alguns problemas que tem assolado as famílias brasileiras, quiçá, em todo o mundo.

1. Observações de Carle Zimmermam. Em 1947, o sociólogo e historiador, Dr. Carle Zimmermam, em seu livro “Família e Civilização”, publicou suas profundas observações sobre a relação existente entre a desintegração de várias culturas, paralelamente ao declínio da vida familiar das mesmas. Zimmermam alistou os seguintes pontos característicos no comportamento doméstico que determinam a queda de cada cultura por ele estudada:

- Casamentos que perdem sua qualidade de instituição respeitada, “sagrada”, frequentemente terminam em divórcio;
- A família tradicional tinha perdido completamente o seu valor;
- Proliferação do movimento feminista;
- O desrespeito público aos pais e autoridades em geral;
- O aumento acentuado da delinquência, da promiscuidade e da rebelião juvenil;
- Relutância e, até mesmo recusa, em aceitar os padrões tradicionais para casamento e a responsabilidade familiar;
-  Crescente desejo de aceitação do adultério;
-  Interesse sempre maior por perversões sexuais;
- Aumento dos crimes relativos a sexo.

Parece-nos que esse homem publicou suas profundas observações sobre a família não em 1947, mas nos dias de hoje. Certamente, Carle Zimmermam previu o que aconteceria nos anos seguintes.
A família realmente não vai bem. Essa é a opinião geral e não é necessário ser nenhum “expert” para perceber isso. E o principal causador da decadência familiar é Satanás, o inimigo que declarou guerra às células familiares. Caso você tenha alguma dúvida sobre isso, dê uma olhada na lista abaixo:

- Nos dias de hoje, um, em cada dois casamentos, termina em divórcio. O divórcio e a chamada coabitação são defendidas publicamente. O casamento registrado no cartório é, até mesmo, desaconselhado por muitos. O divórcio, mesmo nas comunidades evangélicas é visto como natural e às vezes aconselhado.

- Os pais estão, a cada dia, perdendo a autoridade sobre os filhos. Leis são elaboradas e sancionadas que tiram dos pais qualquer possibilidade de disciplinar seus filhos.

-  O conceito de família sofre cada vez mais os embates do pós-modernismo. Dois homens homossexuais que resolvem morar juntos já é considerado uma família! E ainda podem adotar crianças!

- O adultério, por sua vez, chega às residências todos os dias através das novelas. Ser infiel ao cônjuge é algo normal e até incentivado pelos autores de novelas.

- Hoje à noite, mais de dois milhões de meninas se prostituirão para sustentar alguma criança gerada fora do casamento, ou algum vício.
- Mais de 50% dos adolescentes e jovens brasileiros evangélicos são sexualmente ativos.
- 89% dos jovens brasileiros, em geral, se casarão não sendo mais virgens (de acordo com uma pesquisa da Revista Veja de 1994). [Observe: isso foi em 1994; quanto mais hoje, em pleno século 21, o século da libertinagem e do hedonismo].
- 5.000.000 (cinco milhões) de abortos são praticados anualmente, dos quais, a grande maioria é feita clandestinamente, segundo reportagem de capa do Jornal do Brasil.
- Uma criança que assista duas horas de televisão por dia, até atingir a maioridade terá aproximadamente tomado contato com 15.184 piadas sobre sexo, 96.798 cenas de nudez e mais de 163.000 tiros, além de ter presenciado mais de 130.000 assassinatos.

Essa situação é caótica. A célula básica da sociedade e da Igreja é a família. Se ela não estiver bem, seus relacionamentos, suas idealizações, seus empreendimentos, vida profissional e espiritual, também não estarão. Devemos urgente e seriamente estudar meios criativos para tornar a família um núcleo sólido, fundamentado em conceitos profundos, eficazes, bíblicos e menos vulneráveis contra os ardis satânicos.

Vemos em Gênesis 1 e 2 Deus instituindo a família. Ela é essencial na existência de uma sociedade e nela deveríamos aprender sobre o amor de Deus e de como nos relacionar com as outras pessoas.

2. Alguns fatores causadores de problemas nas famílias

a) Pressão urbana. O caos urbano contribui bastante para a penalização familiar: o tempo gasto no transito; a competição pela sobrevivência impondo o casal a necessidade de ambos trabalharem; a exposição constante à tentação, que é sugerida nas revistas, out-doors, etc., ou no ambiente de trabalho, roda de amigos; a poluição, a tensão, o corre-corre e a violência que atemoriza e desassossega. Toda essa forte pressão causa vários sofrimentos a todos os familiares.

b) O desaparecimento da família tradicional. O pai deixando de ser o único suprimento do lar e cada vez mais esposas e filhos, até a idade precoce, estão trabalhando para ajudar a suprir as necessidades financeiras. Tal situação, além de muitas outras consequências, acarreta o cumprimento de um relacionamento mais aberto e profundo. A falta de tempo juntos é problema sério!

Essas duas situações ocasionaram na prática, um “arrastão” de humanismo (destronização de Deus e entronização do homem), secularismo (negação da existência de Deus) e materialismo (o apego exacerbado aos bens efêmeros). Tornamo-nos uma sociedade que busca obsessivamente a autorrealização, o hedonismo(busca pelo prazer) e a aquisição de bens. Quantas vezes você já ouviu frases como esta: “não sinto mais nada pela minha esposa. Vou procurar outra pessoa que me supra emocional e fisicamente!”.

Se o homem é o centro de seu universo, então se considerará o mais importante de tudo. Se o cônjuge deixa de satisfazê-lo, simplesmente o troca por outro! Se a sede material não pode ser suprida com o que recebe, dá jeito, em detrimento do tempo gasto com a própria família, mas descobre uma forma de adquirir o que deseja.

Quando Deus instituiu a família em Gênesis 2, disse: “Não é bom que o homem esteja só”. Ou seja, suas necessidades podem ser parcialmente supridas no contexto familiar. Se ele se fecha, vivendo exclusivamente para seus interesses, acaba se isolando mesmo em meio às multidões. Podemos nos tornar melhores e mais realizados pelo complemento que recebemos de nossos cônjuges, filhos, pais, etc.

Não é difícil perceber que o problema fundamental da família é a exacerbação do egoísmo, motivado pela realização pessoal, busca dos prazeres e obsessão pelo material. Mesmo que seja na luta pelo simples arroz e feijão, o coração do homem, muitas vezes, funciona da mesma maneira.

3. Outros problemas Sérios na Família

a) Os meninos crescem em uma sociedade machista, sem bons modelos de como exercer uma liderança bíblica. Por não serem amados, não aprendem a amar suas esposas e nem a suprir suas necessidades emocionais, tendo em vista só o receber.

b) Devido ao total desconhecimento e/ou a um mal-entendido do significado das palavras “respeito” e “submissão” bíblico, acrescido ao engano do feminismo, muitas mulheres estão rejeitando a ideia de seguir a liderança dos maridos. E por outro lado, também há maridos que não assumem a liderança, não lhes dando outra alternativa. A consequência é que se encontram duas pessoas egoístas no lar, cada uma lutando por seus próprios interesses e direitos.

c) A falta de embasamento da geração criada pelas creches, escolinhas, babás, empregadas, etc, resulta em jovens e adolescentes desajustados, com carências emocionais e psicológicas.

d) O desconhecimento, por parte dos pais, de como amar os filhos, de como incutir-lhes a autoestima e de como discipliná-los de forma bíblica e adequada, produz os mesmos sintomas citados anteriormente. Os pais podem até estar presentes, mas é como se não estivessem.

e) O problema sexual, também se manifesta em duas formas. De um lado, os tabus e preconceitos, sem base bíblica. De outro, vemos as influências perniciosas de uma cultura permissiva e promíscua.

f) Casais que não sabem como lidar com conflitos e resolver problemas. Não sabem se comunicar. A falta de conhecimento e a ausência de um preparo adequado sobre os princípios de Deus para o namoro e noivado, podem levar a desajustes logo nos primeiros anos de casamento.

g) O número crescente de separações e divórcios, resultando em filhos morando só com o pai, ou só com a mãe, provocando saudades, carências e frustrações.

Diante do exposto acima, o que nós podemos fazer para restaurar as famílias de nossas igrejas e ajudá-las na solução de seus problemas? As lições deste trimestre chegam já atrasadas. Desde as lições anteriores sobre a família, 2º trimestre/2004, o comportamento das famílias brasileiras mudaram drasticamente para pior.

Devemos, portanto, neste trimestre, nos dedicar, com afinco, no estudo da Palavra de Deus, a fim de que possamos saber qual o modelo divino da família, como podemos impedir e evitar os ataques do inimigo de nossas almas contra a nossa família, a fim de que, a exemplo de Josué, digamos, com imensa gratidão ao Senhor: "Eu e a minha casa serviremos ao Senhor".  Que a família cristã seja “sal e luz” nessa situação caótica porque passa a família brasileira.

Amém!!

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...