terça-feira, 20 de agosto de 2013

Jovens e Adultos – Lição 08: A Suprema Aspiração do Crente - Aula Dinâmica

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.
- Falem: A lição de hoje tem como título “A Suprema aspiração do crente”.
- Perguntem: O que neste contexto, significa a palavra “aspiração”.
- Trabalhem o conteúdo proposto na lição, buscando sempre a participação dos alunos.
- Para concluir, utilizem a dinâmicas “O Alvo”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Texto Pedagógico

Como utilizar filmes nas aulas da EBD
Luz, Câmera e Ação!

            O uso das tecnologias em sala de aula, como suporte pedagógico, vem sendo inserido há algum tempo no meio educacional, pois é considerado um elemento coadjuvante do processo de ensino e aprendizagem. O filme é uma dessas tecnologias, que agregam valor ao que está sendo estudado, pois atrai a atenção, desperta o interesse, aumenta a retenção, vários sentidos estão sendo utilizados, como a audição e visão.
            Para sua utilização de forma satisfatória é importante observar alguns pontos relevantes:

Local apropriado: O ideal é uma sala ou outro ambiente fechado para exibição do filme, para que haja maior concentração dos alunos e não ocorram interferências de som. Observe se há problemas com a luminosidade, pois a claridade excessiva pode dificultar a visão do filme de forma satisfatória.

 Equipamento disponível: É importante o agendamento prévio do equipamento, em caso de uso coletivo. Se for utilizar TV, observe se o tamanho da tela é adequado para que todos vejam. Fique atento também para a altura do som, confirmem se todos estão escutando.

Pessoa habilitada para montar os equipamentos: É recomendável que alguém que saiba como organizar esta parte esteja disponível para tal fim, para que não haja maiores imprevistos na instalação e/ou colocar equipamento para funcionar.

Tempo de instalação dos equipamentos: Os equipamentos devem ser instalados e testados antes do horário da aula, para que não ocorra perda do tempo da aula ou execução do plano B.

Plano B: Tenha sempre um plano B quando for utilizar um equipamento eletrônico, pois pode ocorrer falta de energia, o equipamento pode dar problema ou até mesmo esquecimento do filme em casa etc. No plano B, você deve pensar como continuar a aula sem a exibição do filme. Dessa forma, você não improvisará, nem ficará sem saber o que fazer.

Escolher filmes adequados: A escolha adequada do filme é um dos fatores importantes para que ocorra uma aula deste tipo com sucesso, para tanto,  observe:  relação com o tema a ser estudado, filme compatível com a idade da turma, linguagem utilizada. Se o filme apresentar algumas ideias contrárias a Palavra de Deus, aproveite para analisar com os alunos como refutar tal ideia a luz da Bíblia.

Fazer uma explicação prévia do filme antes da exibição e do que deseja que os alunos realizem: Uma breve explicação sobre o filme situa o aluno no contexto da aula e do enredo. É interessante pedir aos alunos para anotar alguns pontos, durante a exibição, para discussão posterior, e dessa forma  os alunos ficam mais concentrados no filme.

Filmes longos são inadequados: Para o uso nas aulas da EBD, tendo em vista ter apenas 1 hora de duração em média, é bom escolher filmes de curta duração ou em caso de filmes longos, escolher algumas partes mais interessantes para exibi-las, que sejam mais significativos para ilustrar o tema.

Assistir ao filme antes de exibi-lo para os alunos: O professor precisa ter uma visão geral sobre o filme, mesmo que tenha sido recomendado por outro colega, observando a inadequação de imagens, linguagem e coerência com o tema, para determinados tipos de classes.

Utilizar o filme com objetivo pedagógico: O filme não deve ser usado para preencher o tempo ou porque professor não se preparou para a aula. Pelo contrário, a utilização do filme requer cuidado no planejamento, pois é necessário que haja discussão e reflexão sobre o que foi exibido com relação ao tema da aula.
            Há várias possibilidades para utilizar filmes nas aulas da Escola Bíblica Dominical:
- Exibir o filme para iniciar um estudo, um debate ou ilustrar um tema.
- Pode ser usado de uma só vez, caso a minutagem do filme seja adequada ao tempo de aula. Em caso de filmes longos, escolher algumas partes mais interessantes para exibi-las.
- Exibir o filme por partes, com paradas para discussão, promovendo a participação do aluno.
- Repetir a exibição de trechos do filme para enfatizar pontos mais relevantes.
Como a exibição de um filme requer o uso da visão e da audição, há uma recomendação a ser observada quanto à presença de alunos com necessidades especiais, no caso dos deficientes auditivos(surdos) e dos deficientes visuais(cegos), para que eles sejam incluídos no processo da aula.
 - Com alunos surdos na sala, o ideal é escolher filmes legendados, se ele for alfabetizado na segunda língua(Português). Se for alfabetizado em Libras(primeira língua), é interessante a presença de um intérprete. Mesmo que o surdo seja oralizado, fazer uso da leitura labial no filme é quase impossível, pois os atores não falam de frente para o ouvinte e de forma pausada.
- Com a presença de alunos cegos ou de baixa visão, fazer um resumo oral ou em Braille do que vai ser exibido, detalhando imagens mais importantes de forma que ele entenda.
A utilização do filme nas aulas da Escola Bíblica Dominical pode ser considerada como uma ferramenta coadjuvante para o processo de ensino e aprendizagem. É uma das formas de transformar uma aula puramente unilateral, onde somente o professor fala e os alunos escutam, em um momento interativo, prazeroso e reflexivo.

Por Sulamita Macedo.
Dinâmica: O Alvo

Objetivo: Concluir o estudo sobre a verdadeira aspiração do crente.

Material:
Palavras digitadas: LARGADA e CHEGADA
02 medalhas
Cópia do texto “A Corrida dos Sapinhos”(vejam no procedimento).

Procedimento:
- Organizem um caminho, colocando o nome LARGADA no início e CHEGADA no final deste caminho.
No caminho, coloquem obstáculos, que podem ser cadeiras, caixas, pedras etc.
- Escolham 02 alunos ou 02 que voluntariamente queiram participar da atividade.
Orientem estes dois alunos, separadamente, falem que eles vão percorrer o caminho e haverá várias pessoas que vão estimulá-los a prosseguir mesmo com dificuldade, mas também escutará apelos de outros que eles parem e observem o que eles estão oferecendo.
Eles precisam escutar o que dizem e para isto não precisa sair correndo para atingir a chegada, apressadamente.
 Fica a critério deles a escolha de prosseguir ou não, se vão parar por algum tempo e depois continuar.
- Organizem os demais alunos ao lado direito e esquerdo do caminho.
- Forneçam as seguintes orientações:
Os do lado direito devem incentivar os 02 colegas a caminhar olhando para o alvo, sem se embaraçar com as coisas deste mundo e livrando-se dos obstáculos.
Os do lado esquerdo devem desestimular os 02 colegas a seguir o caminho, oferecendo coisas para que eles se embaracem e parem na caminhada, mostrando que o caminho é difícil, pois tem muitos obstáculos.
- Aguardem o desfecho da dinâmica, façam a premiação do(s) vencedor(s), entregando uma medalha.
- Analisem com os alunos o que foi realizado, conforme o que já foi estudado na lição, enfatizando qual deve ser a verdadeira aspiração do crente.
- Agora, leiam este texto:
A Corrida dos Sapinhos
            “Era uma vez um tempo em que os bichos falavam... Nesse tempo também havia alegria, diversão e competição. Certa ocasião, decidiram realizar uma corrida de sapinhos.
            Eles tinham que subir uma grande torre e atrás havia uma multidão, muitos outros bichos para vibrar com eles.
            Começou  a competição e a multidão dizia:
            - Não vão conseguir. Não vão conseguir.
            Os sapinhos iam desistindo um por um. Menos um que continuava subindo.
            Aí aclamava a multidão:
            - Vocês não vão conseguir!
            E os sapinhos iam desistindo um por um, menos um que subia tranqüilo. Ao final da competição, todos desistiram menos aquele.
            Todos ficaram curiosos para saber o que tinha acontecido. Quando foram perguntar ao sapinho como ele conseguiu chegar lá, descobriram que ele era SURDO!”.
Autoria desconhecida.
- Perguntem: O que vocês podem refletir sobre o texto?
Na caminhada cristã, sejamos “surdos” aos apelos mundanos que nos impedem de continuar caminhando para o alvo.
- Para concluir, peçam para que todos os alunos leiam este versículo:
“Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”(Fp 3.14).

Por Sulamita Macedo.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...