quarta-feira, 2 de abril de 2014

Juvenis - Currículo do Ano 2: Os Perigos do Relativismo Moral Lição 01: Não Tem Nada a Ver, será? (Dinâmica)

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou e-mail.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.

7 - Trabalhem o conteúdo da lição de foram participativa e de forma contextualizada, vejam esta sugestão:
- Iniciem apresentando o tema deste trimestre: Os Perigos do Relativismo Moral e reflita sobre o que isto significa.
- Depois, apresentem os temas que serão abordados nas aulas posteriores.
- Agora, vocês começam a trabalhar a lição 01, falando primeiro do título “Não Tem Nada a Ver, será?”.
- Depois, utilizem a dinâmica “Doce ou Azedo”.
- Em seguida, vocês trabalham o conteúdo da lição sempre de forma participativa e contextualizada.
- Para concluir, leiam e reflitam sobre o texto “A Corrida dos Sapinhos”. O que vocês podem refletir sobre o texto?
Na caminhada cristã, sejamos nós “surdos” aos apelos mundanos do relativismo moral, da ética não-cristã etc, que nos impedem de continuar na corrida até aos céus.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Doce ou Azedo?

Objetivo: Refletir sobre o Relativismo e enfatizar posicionamento do cristão  tendo como parâmetro a Palavra de Deus.

Material:
Balas doces e azedas (retirem o papel que as envolvem) para cada aluno
01 prato descartável (para as balas doces)
01 prato descartável (para as balas azedas)

Procedimento:
- Distribuam para cada aluno 01 bala doce.
- Peçam para que eles experimentem a bala e depois falem se é doce, azeda ou tem outra característica.
Aguardem que todos emitam suas opiniões.
Observem a certeza ou dúvida dos alunos quanto a característica da bala.
Pode ocorrer opiniões divergentes e iguais.
- Depois, distribuam para cada aluno 01 bala azeda.
Realizem o mesmo procedimento já citado da bala doce.
- Depois, perguntem qual das duas eles gostam mais.
Façam este levantamento, escrevendo no quadro a quantidade dos que gostam da bala doce, da bala azeda e também os que gostam das duas.
- A partir das respostas, exemplifiquem o relativismo de forma simples.
A primeira bala que era doce, alguns confirmaram que realmente era doce outros falaram mais ou menos. Da mesma forma a bala azeda. Aqui também encontramos gostos relativos e individuais quanto a preferência da bala.
No relativismo também é assim tudo é as ideias, as opiniões e argumentos são relativos, isto é, não há certo nem errado, todas as opiniões são aceitas e respeitadas, pois não há parâmetro.
- Depois, enfatizem a importância de posicionamentos conforme a ética do Reino de Deus, que encontramos na Palavra de Deus.
- Vejam o que a Bíblia afirma:
Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não... Mateus 5:37
Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo! Isaías 5:20
Por Sulamita Macedo.

Texto de Reflexão: A Corrida dos Sapinhos
            Era uma vez um tempo em que os bichos falavam... Nesse tempo também havia alegria, diversão e competição. Certa ocasião, decidiram realizar uma corrida de sapinhos.
            Eles tinham que subir uma grande torre e atrás havia uma multidão, muitos outros bichos para vibrar com eles.
            Começou  a competição e a multidão dizia:
            - Não vão conseguir. Não vão conseguir.

            Os sapinhos iam desistindo um por um. Menos um que continuava subindo.
            Aí aclamava a multidão:
            - Vocês não vão conseguir!
            E os sapinhos iam desistindo um por um, menos um que subia tranqüilo. Ao final da competição, todos desistiram menos aquele.
            Todos ficaram curiosos para saber o que tinha acontecido. Quando foram perguntar ao sapinho como ele conseguiu chegar lá, descobriram que ele era SURDO!

Autor desconhecido.

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...