terça-feira, 10 de junho de 2014

Adolescentes - Lição 11: Problemas enfrentados na obra Missionária (Dinâmica)

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou e-mail.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

 6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.
- Falem que o tema da aula será sobre “Problemas enfrentados na Obra Missionária”.
Observação: Este tema tem sido muito repetitivo nestas lições, cuidado para não cansar os alunos com as mesmas atividades e as mesmas informações.
- Leiam a lição, procurem extrair a essência do conteúdo e repassem para os alunos informações mais prioritárias.
- Se houver condições, vocês podem exibir um documentário ou parte de um filme sobre estes tipos de problemas. Vocês podem encontrar isto em filmes sobre a Igreja Perseguida.
- Para concluir a aula, sugiro, ainda, a leitura do texto “O Preço de uma Alma”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Problemas e Dificuldades

0bjetivo: Estudar sobre os problemas internos e externos enfrentados pela obra missionária.

Material:
01 cadeira para cada aluno
Nomes digitados dos problemas internos e externos enfrentados pela obra missionária(vejam na lição)
01 rolo de fita adesiva

Procedimento:
- Organizem a turma em círculo.
- Falem que na lição, os problemas enfrentados na obra missionária são divididos em internos e externos.
- Coloquem no centro do círculo(no piso), os papéis com os nomes dos tipos de problemas internos.
- Peçam para que um aluno se levante, pegue 01 deles, leia para a turma. Comentem sobre cada um deles.
Isto deve acontecer até que todos os problemas tenham sido mencionados e comentados.
- Agora, trabalhem os problemas externos.
Vejam esta orientação que deve ser realizada antes da aula começar: coloquem embaixo das cadeiras os papéis com os nomes dos problemas externos.
- Falem: Vamos agora conhecer quais são os problemas externos. Mas onde eles estão?
Peçam para que os alunos procurem. Não deem nenhuma dica da localização. Caso haja dificuldade, falem que está debaixo das cadeiras.
Quando todos os papéis forem encontrados, solicitem para que os alunos leiam e em seguida vocês repassem informações sobre cada elemento apontado.
- Para concluir leiam: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”(João 16.33)
Por Sulamita Macedo.

Texto de Reflexão: O Preço de Uma Alma
Segundo um artigo de um jornal, Hemant Mehta queria descobrir se estava “perdendo algo” como ateu. Por isso, o estudante fez um anúncio na internet: passaria uma hora frequentando uma igreja para cada $10 que recebesse de oferta. O vencedor do leilão foi um ex-pastor evangélico, que fez uma oferta de $504.
Quanto você pagaria pela oportunidade de apresentar Cristo a uma pessoa descrente? O apóstolo Paulo deu muito mais do que $504, no seu esforço de levar o evangelho a pessoas que nunca ouviram a respeito de Jesus Cristo. Ele viajou arduamente muitos quilômetros pelo mundo. Num relato impressionante, contou suas experiências: naufrágio, prisão, açoites, apedrejamentos, exaustão, fome, frio e perigo(II Coríntios 11: 23 a 28).
Nos últimos 2.000 anos de esforços missionários, homens e mulheres valentes deixaram seus países de origem para proclamar Cristo em lugares remotos, primitivos e perigosos. Muitos perderam suas vidas, outros sofreram perseguição. Em diversas partes do mundo hoje, falar publicamente sobre Jesus pode significar sofrimento, prisão e até a morte.

Quando consideramos os sacrifícios de Jesus por nós, é válido qualquer sacrifício que fazemos para trazer outros a ele.   DCE Fonte: Nosso Andar Diário 05.02.2007

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...