terça-feira, 10 de junho de 2014

Pré-adolescentes – Lição 11: Trabalhadores da plantação de uvas (Dinâmica)

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou e-mail.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição 11. Vejam as sugestões abaixo:
- Falem que o tema da aula será sobre a parábola dos Trabalhadores da Vinha.
- Utilizem a dinâmica “Trabalhando na Vinha”.
- Depois, para conhecer a parábola, leiam Mateus 20:1-14:
“Porque o reino dos céus é semelhante a um homem, pai de família, que saiu de madrugada a assalariar trabalhadores para a sua vinha.
E, ajustando com os trabalhadores a um dinheiro por dia, mandou-os para a sua vinha.
E, saindo perto da hora terceira, viu outros que estavam ociosos na praça,
E disse-lhes: Ide vós também para a vinha, e dar-vos-ei o que for justo. E eles foram.
Saindo outra vez, perto da hora sexta e nona, fez o mesmo.
E, saindo perto da hora undécima, encontrou outros que estavam ociosos, e perguntou- lhes: Por que estais ociosos todo o dia?
Disseram-lhe eles: Porque ninguém nos assalariou. Diz-lhes ele: Ide vós também para a vinha, e recebereis o que for justo.
E, aproximando-se a noite, diz o senhor da vinha ao seu mordomo: Chama os trabalhadores, e paga-lhes o jornal, começando pelos derradeiros, até aos primeiros.
E, chegando os que tinham ido perto da hora undécima, receberam um dinheiro cada um.
Vindo, porém, os primeiros, cuidaram que haviam de receber mais; mas do mesmo modo receberam um dinheiro cada um.
E, recebendo-o, murmuravam contra o pai de família,
Dizendo: Estes derradeiros trabalharam só uma hora, e tu os igualaste conosco, que suportamos a fadiga e a calma do dia.
Mas ele, respondendo, disse a um deles: Amigo, não te faço agravo; não ajustaste tu comigo um dinheiro?
Toma o que é teu, e retira-te; eu quero dar a este derradeiro tanto como a ti”.
- Em seguida, analisem o conteúdo e o significado da parábola.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Trabalhando na Vinha

Objetivo: Exemplificar a parábola dos trabalhadores da vinha.

Material:
Muitas figuras de cachos de uvas
01 cesto
01 rolo de fita adesiva
01 pirulito ou bala de uva para cada aluno
01 relógio(pode ser o de pulso ou do celular)

Procedimento:
- Espalhem pela sala muitas figuras de cachos de uvas.
- Dividam a turma em 05 grupos.
- Orientem para que os grupos colham os cachos de uvas, mas deverão esperar a ordem para entrar na “vinha”.
Todos os grupos devem permanecer na vinha, colhendo as uvas com delicadeza para não estragar os cachos.
Falem que não é necessário colher todos os cachos de uvas, nem ter pressa achando que quem pegar mais ganhará.
- Façam da seguinte forma:
O grupo 01entra na “vinha” primeiro, depois de 20 segundos entra o 2º. Grupo, passados 40 segundos o 3º. Grupo, 60 segundo para o 4º. Grupo e com 80 segundos entra o 5º. Grupo.
Quando decorrer 20 segundos que o último grupo entrou, parem a colheita.
Peçam para que os grupos coloquem no mesmo cesto o que colheram.
- Falem: Agora vou fazer o pagamento de vocês!
- Perguntem: Qual o grupo que trabalhou mais tempo?
Eles vão dizer que foi o primeiro.
Então entreguem para cada componente deste grupo 01 pirulito ou bala de uva.
- Perguntem: Qual o grupo que trabalhou menos tempo?
Eles vão dizer que foi o último grupo.
Então entreguem para cada componente deste grupo 01 pirulito ou bala de uva.
- Em seguida, entreguem 01 pirulito ou bala de uva para os outros grupos. Peçam para que os alunos não consumam o pirulito ou bala durante a aula.
- Falem: Agora, terminei o pagamento correto de vocês desde o primeiro grupo, que começou primeiro, até o 5º. Grupo que iniciou por último.
- Aguardem a reação dos grupos, observem se há alguém descontente achando que ganhou menos do que deveria.
Se não houver reclamações, falem sobre o pagamento igual para tempos diferentes de trabalho.
- Depois, falem: Isto que aconteceu aqui, também ocorreu numa parábola que Jesus contou. Vamos estudar sobre ela?

Por Sulamita Macedo.

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...