quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Adolescentes - Lição 10: A Maior herança que existe! (dinâmica)

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou e-mail.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

 6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Organizem uma mesa com várias figuras retiradas de revistas, como: carro, moto, celular, casa, bicicletas, roupas, sapatos etc. Ao iniciar a aula, peçam que os alunos escolham pelo menos 03 figuras de objetos que gostariam de ter. Depois, peçam para que eles falem a razão das escolhas.
- Depois falem: Estes objetos são importantes para nossa vida, mas são passageiros, pois se acabam. Mas os bens espirituais são eternos e a lição de hoje é sobre “A Maior Herança que existe!”
- Perguntem: Qual a maior herança que seus pais podem deixar para vocês?
Aguardem as respostas e anote-as no quadro. As respostas podem ser as mais variadas, como: os estudos, dinheiro, carro, imóveis, valores cristãos etc.
Depois, leiam cada uma e façam uma separação entre o que é material e espiritual.
- Em seguida, falem: Os bens materiais são passageiros e os bens espirituais são para a vida eterna. Estes últimos são ensinados na família, na igreja.
- Depois, utilizem a dinâmica O Tesouro e a Riqueza.
- Trabalhem o conteúdo da lição de forma participativa e contextualizada.
- Para finalizar, contem a história contida no texto “O Cheque na Bíblia”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: O Tesouro e a Riqueza

Objetivo: Refletir sobre o desejo de possuir riqueza material.

Material:
01 caixa de papelão para confeccionar um dado grande
Cobrir a caixa com cartolina da cor vermelha
Digitar a palavra RICO e POBRE e fazer 03 cópias de cada
Colar no dado: 03 nomes RICO e 03 nomes POBRE, um nome em cada lado do dado

Procedimento:
- Organizem os alunos em círculo.
 - Apresentem o dado, mostrando as duas palavras.
- Orientem: cada aluno vai jogar o dado para o alto e quando cair, o aluno deve falar algo que caracterize a palavra que aparece na parte de cima do dado.

- Anotem todas as características no quadro.
- Depois, que todos os alunos participarem, analisem com os alunos o que eles falaram sobre as palavras RICO e POBRE. Certamente haverá diferenças bastante acentuadas entre os dois e certamente isto faz com que muitas pessoas desejem possuir recursos financeiros e bens, para que tenha uma vida mais digna.
- Agora, trabalhem a ideia de querer possuir muitas coisas e como consegui-las de forma honesta. Começando, no momento atual, com a dedicação aos estudos por parte deles que são adolescentes, aproveitando as oportunidades oferecidas pelos pais ou buscando alternativas públicas para realizar cursos etc.
Ainda reflitam sobre o desejo desenfreado de muitos para ser ricos materialmente, chegando a ter atitudes enganosas e de má procedência.
- Depois, trabalhem sobre a riqueza material que passa e a riqueza espiritual que é eterna.
A riqueza material não é condenada pela Bíblia, desde que adquirida de forma honesta e adverte que o coração da pessoa não esteja nesta riqueza.
A maior riqueza espiritual é quando a pessoa encontra o tesouro – Jesus, o salvador, e a partir desse momento a pessoa gozará de bênçãos espirituais, que são eternas, tornando-se rico para Deus.
Por Sulamita Macedo.

Texto de Reflexão
O Cheque na Bíblia

Era uma vez um rapaz que ia muito mal na escola. Suas notas e o comportamento eram uma decepção para seus pais que, sonhavam em vê-lo formado e bem sucedido. Um belo dia, o bom pai lhe propôs um acordo:
- Se você, meu filho, mudar o comportamento, se dedicar aos estudos e conseguir ser aprovado no vestibular para a Faculdade de Medicina, eu darei um carro de presente. Por causa do carro, o rapaz mudou da água para o vinho. Passou a estudar como nunca e a ter um comportamento exemplar. O pai estava feliz, mas tinha uma preocupação. Sabia que a mudança do rapaz não era fruto de uma conversão sincera, mas apenas do interesse em
obter o automóvel. Isso era mau.
 O rapaz seguia os estudos e aguardava o resultado de seus esforços. Assim, o grande dia chegou fora aprovado para o curso de Medicina e como havia prometido, pai convidou a família e os amigos para uma festa de comemoração. O rapaz tinha por certo que na festa o pai lhe daria o automóvel. Quando pediu a palavra, o pai elogiou o resultado obtido pelo filho e lhe passou às mãos uma caixa de presente.
Crendo que ali estavam as chaves do carro, o rapaz abriu emocionado o pacote. Para sua surpresa, o presente era uma Bíblia. O rapaz ficou visivelmente decepcionado e nada disse.
A partir daquele dia, o silêncio e a distância separavam pai e filho. O jovem se sentia traído, e agora, lutava por ser independente… Deixou a casa dos pais e foi morar no Campus da Universidade. Raramente mandava noticias a família. O tempo passou, ele se formou, conseguiu um emprego em um bom hospital e se esqueceu completamente do pai.
Todas as tentativas do pai para reatar os laços foram em vão. Até que um dia o velho, muito triste com a situação, adoeceu e não resistiu. Faleceu. No enterro, a mãe entregou ao filho, indiferente, a Bíblia que tinha sido o último presente do pai e que havia sido deixada para trás.
De volta a sua casa, o rapaz, que nunca perdoara o pai, quando colocou o livro numa estante, notou que havia um envelope dentro dele. Ao abri-lo, encontrou uma carta e um cheque. A carta dizia:
 – Meu querido filho, sei o quanto você deseja ter um carro. Eu prometi e aqui está o cheque para você, escolha aquele que mais lhe agradar. No entanto, fiz questão de lhe dar um presente ainda melhor: A Bíblia Sagrada. Nela aprenderás o Amor de Deus e a fazer o bem, não pelo prazer de recompensa, mas pela gratidão e pelo dever de consciência. Corroído de remorso, o filho caiu em profundo pranto.

Autoria do texto Desconhecida.

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...