terça-feira, 16 de setembro de 2014

Discipulado 1 – Novos Convertidos Lição 12: O Discípulo e o Fruto do Espírito Santo (Dinâmica)

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.

3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais,deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

6 – Agora iniciem o estudo da lição. Vejam as sugestões abaixo:
- Falem do tema da aula: O Discípulo e o Fruto de Espírito Santo.
- Iniciem o estudo da lição, utilizando a dinâmica “O Fruto Desejado”.
- Trabalhem o conteúdo da lição, buscando sempre a participação dos alunos.
- Finalizem a aula, lendo o texto “A Nuvem e o Espírito”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: O Fruto Desejado

Objetivos:
Estudar sobre o Fruto do Espírito.
Destacar a importância da manifestação das 09 virtudes do Fruto do Espírito na vida cristã.

Material:
01 laranja sem casca(deixem apenas 09 gomos)
Nomes das 09 virtudes digitadas
01 quadro ou cartolina
01 rolo de fita adesiva

Procedimento:
- Apresentem a laranja e falem: o Fruto do Espírito pode ser comparado a esta laranja. Vejamos a razão: é um todo composto por 09 partes, como uma laranja e seus gomos. Cada parte, uma virtude.
- Falem, também: Agora vamos conhecer o nome de cada virtude. À medida que um aluno estiver lendo, de forma pausada, Gálatas 5. 22 e 23, coloquem os nomes digitados no quadro ou cartolina, formando um círculo.
- Afirmem: Estudar sobre cada virtude do fruto do Espírito é o tema da nossa aula.
- Então, comecem o estudo do tema, enfatizando a importância da manifestação das 09 virtudes do Fruto do Espírito na vida cristã.
Por Sulamita Macedo.

Texto de Reflexão: A Nuvem e o Espírito

            O Senhor guiou o povo de Israel por meio de uma coluna de nuvem durante o dia e por meio de uma coluna de fogo durante a noite (Êxodo 13.21). O comentarista Arthur Pink traçou um paralelo entre a nuvem no deserto e o Espírito Santo na vida do cristão.
            Pink mostrou que, assim como a nuvem foi um presente gracioso de Deus para os israelitas, o Espírito Santo é uma dádiva de Deus para seus filhos. Jesus disse: ”Eu pedirei ao Pai, e ele lhes dará outro Conselheiro para estar como vocês para sempre” (João 14.16).
            A coluna de nuvem guiava os filhos de Israel e, do mesmo modo, o Espírito Santo guia os cristãos. Jesus disse: “Quando o Espírito da verdade vier, ele os guiará a toda a verdade”(16.13).
            Do mesmo modo como a nuvem permaneceu com os israelitas durante toda a sua peregrinação no deserto, assim Jesus prometeu que o Pai enviaria o Espírito para estar com os seus discípulos para sempre (14.16). Pense nisso! O próprio Deus habita em nossos corações. Nós que conhecemos a Jesus Cristo como Salvador e Senhor. Somos templos do Espírito Santo (I Coríntios 6.19).
            Quando somos guiados pelo Espírito, nossa vida é caracterizada pelo amor, alegria, paz e autocontrole(Galátas 5. 16,22 e 23). Deste modo seremos testemunhas efetivas de Cristo caminhando pelo deserto deste mundo.
Fonte do texto: Nosso Pão Diário.

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...