quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Pré-adolescentes – Lição 11: Meu Deus e eu (dinâmica)

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou e-mail.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Falem: Nesta aula vamos estudar sobre o comprimento que temos com Deus e reafirmar a demonstração do nosso amor por Ele.
- Iniciem o estudo do tema, utilizando a dinâmica “Via de Mão Dupla”.
- Depois, escrevam no quadro o versículo abaixo:
“Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento, e de todas as tuas forças; este é o primeiro mandamento”(Marcos 12:30).
- Depois perguntem: De acordo com o versículo que acabamos de ler, como deve ser a demonstração do nosso amor a Deus?
Esperem as respostas e depois escrevam estas expressões:
De todo o teu coração
De toda a tua alma
De todo o teu entendimento
De todas as tuas forças
- Em seguida, reflitam sobre o que é amar a Deus de acordo com o que foi citado.
- Depois, falem que eles são feitura de Deus, são cuidados por Deus e amados por Ele.
- Falem também como tem sido o relacionamento que eles têm com Deus e apresentem formas de como melhorá-la.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Via de Mão Dupla
Objetivo:
Refletir sobre atitudes recíprocas de uma amizade e o relacionamento com Deus.

Material:
Nomes digitados DEUS e JESUS
01 desenho de uma placa indicando via de mão dupla
¼ de olha de papel oficio colorido para cada aluno

Procedimento:
- Organizem os alunos em círculo.
- Falem: Temos aqui a representação de um círculo de amizades.
- Em seguida, falem que será lançada uma pergunta sobre amizade, mas é necessária uma orientação: cada o aluno, antes de emitir sua resposta, deve sair de seu lugar, abrir espaço entre dois colegas, permanecer entre eles e só então fala a resposta, simbolizando a abertura de espaço, de portas para atitudes nas verdadeiras amizades.
- Então, perguntem: O que esperamos de uma verdadeira amizade?
As respostas devem ser feitas de acordo com a informação anterior.
Certamente as respostas vão girar em torno da sinceridade, compreensão, respeito, tolerância etc.
- Agora, apresentem o desenho da placa indicando via de mão dupla.
- Perguntem: Nós podemos comparar a amizade como uma via de mão dupla. Por quê?
Aguardem as respostas.
Espera-se que as respostas indiquem que esta comparação refere-se a atitudes que se espera de ambas as partes. Depois, reflitam sobre isto.
- Em seguida, entreguem ¼ de uma folha de papel ofício colorido para cada aluno e peçam para que escrevam seu nome.
- Recolham estes nomes e coloquem no quadro ou cartolina, abaixo dos nomes de Deus e Jesus.
- Depois, apresentem o que Deus fez para restabelecer o relacionamento com a humanidade, após o pecado. Nesse momento, citem os nomes dos alunos, falando: Deus amou tanto “Fulano de tal” que...
- Agora, falem sobre o que Deus espera de nós neste relacionamento. Para isto, precisamos abrir portas no nosso coração e mente para atitudes requeridas para um amigo de Deus e de Jesus, demonstrando o estabelecimento de vínculos firmes e sólidos.

Por Sulamita Macedo.

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...