quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Discipulado 2 – Novos Convertidos Lição 09: O Discípulo e o Louvor (Dinâmica)

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 - Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais,deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.
- Falem do tema da lição: O Discípulo e o Louvor
- Comecem o estudo, procurando definir a palavra LOUVOR. Para tanto, solicitem aos alunos que expressem suas opiniões. Aguardem as respostas e depois formulem uma definição coletiva. Em seguida, apresentem a conceituação fornecida na lição. E compare-as.
- Perguntem:
Por que louvar a Deus?
Quais os benefícios do louvor a Deus?
- Em seguida, trabalhem o conteúdo dos itens restantes da lição.
- Leiam o texto “O Que está na sua boca?”
- Para finalizar, utilizem a dinâmica “Escritores em Ação”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Escritores em Ação

Objetivo: Finalizar o estudo sobre louvor, com uma atividade prática.

Material:
Bíblia – Salmo 9
Quadro ou cartolina
Pincel atômico ou marcador para quadro branco

Procedimento:
- Solicitem aos alunos que abram a Bíblia no Salmo 9.
- Leiam o Salmo 9 e apontem os motivos pelos quais Davi estava louvando a Deus e sua atitude no momento do louvor, como:
Abrir seu coração (V1)
Lembrar do que Deus fez  (V2)
Alegrar-se e louvar (V2)
Reconhecer que Deus nos defende (V 3 a 5)
Confiar que temos refúgio em Deus (V9)
Expressar confiança no Senhor (V 11)
Pedir misericórdia a Deus (V 13)
Regozijar-se na providência divina (V 14,16)
- Agora, perguntem: E nós, que expressões poderíamos também falar para louvar a Deus?
- Em seguida, elaborem um Salmo coletivo de louvor a Deus, com ajuda dos alunos. Utilizem o quadro ou cartolina para que todos os alunos vejam as expressões que estão sendo escritas para a composição do Salmo.
- Para concluir, todos os alunos devem ler o salmo de forma compartilhada.
- Se possível, na aula seguinte, distribuam o salmo elaborado para cada aluno.
Por Sulamita Macedo.

Texto de Reflexão
O que está na sua boca?
                Os peritos em comunicação afirmam que uma pessoa comum fala, em média, o suficiente para preencher 20 páginas datilografadas todos os dias. Isso significa que nossas bocas falam palavras que podem formar dois livros de 300 páginas a cada mês, 24 livros cada ano e 1.200 em 50 anos de fala.
                Graças ao telefone, correio de voz, conversas face a face, as palavras compõem grande parte das nossas vidas. Por isso, são tão importantes os tipos de palavras que usamos.
                A boca do salmista estava repleta de louvor, quando escreveu o Salmo 126. O Senhor havia feito grandes coisas por ele e pelo seu povo. Até os povos ao seu redor perceberam isso. Ao relembrar as bênçãos de Deus, ele disse: “Então a nossa boca encheu-se de riso e a nossa língua de cantos de alegria”(v 2).
               Que palavras você teria usado no versículo 3, se tivesse escrito um salmo? Quantas vezes nossa atitude parece ser assim:
                “O Senhor fez coisas grandiosas por mim e eu – não me lembro de nenhuma delas agora, me pergunto o que Ele vai fazer depois disso por mim, preciso muito mais”.
                Ou você pode terminar a frase dizendo: “E eu O louvo e Lhe agradeço pela Sua bondade”? Ao recordar-se das bênçãos de Deus hoje, expresse-as em palavras de louvor a Ele.    AMC

Fonte do texto: Nosso Andar Diário

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...