quarta-feira, 11 de março de 2015

Jovens – Eu Creio - Revelando ao mundo suas Convicções Cristãs Lição 11: Eu creio no jejum e na oração (Dinâmica)

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
- Cumprimentem os alunos.
- Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
- Perguntem como passaram a semana.
- Escutem atentamente o que eles falam.
- Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
- Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 - Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 - Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais,deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
- Apresentem o título da lição: Eu creio no jejum e na oração.
- Em seguida, reflitam sobre a importância e o valor da oração na vida do cristão.
- Apresentem uma figura de uma pessoa armada.
Falem: Esta figura nos mostra uma pessoa armada. Do ponto de vista terreno, parece que está pronta para se defender.
Mas,  do ponto de vista espiritual, quais devem ser as armas?
Leiam: “Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas”(2 Coríntios 10:4).
- Falem: Nesta lição, vamos estudar que cremos na oração e no jejum - as armas do Cristão.
- Perguntem para os alunos:
O que é oração? Deve ser espontânea ou repetitiva?
O que é jejum? Para que serve?
Observem as respostas dos alunos e depois acrescentem outras informações, corrigindo algo se necessário.      
- Depois coloquem no quadro ou cartolina as seguintes frases:
Como orar e jejuar?
Onde orar?
Por que orar e jejuar?
Quando orar e jejuar?
Trabalhem as respostas dessas perguntas, buscando sempre a participação dos alunos.
- Para finalizar a aula, utilizem a dinâmica “Caminhando em Oração”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Caminhando em Oração

Objetivos:
Enfatizar que Deus escuta e responde as nossas orações.
Compartilhar motivos de oração e agradecer as bênçãos recebidas.

Material:
01 tapete
Rosas
Pedras grandes e pequenas
Versículos bíblicos sobre oração, jejum

Procedimento:
- Organizem o material da dinâmica, no meio da sala de aula da seguinte forma: tapete no chão, e sobre ele as rosas, as pedras e os versículos bíblicos.
- Falem: Já lemos na Bíblia que Daniel, passando por uma situação difícil,  não desanimou, orou e jejuou e o Senhor lhe atendeu, conforme lemos em Dn 10. 12:
“Então me disse: Não temas, Daniel, porque desde o primeiro dia em que aplicaste o teu coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, são ouvidas as tuas palavras; e eu vim por causa das tuas palavras”.
- Agora, expliquem o que cada objeto que está sobre o tapete representa:
Tapete: caminho da vida cristã
Rosas: bênçãos recebidas
Pedras: as dificuldades que enfrentamos
Os versículos: a Palavra de Deus, na qual confiamos
- Em seguida, peçam para que cada aluno passe pelo tapete e escolha dois objetos que representam o que ele está vivenciando, por exemplo:
Ele pode pegar uma pedra grande, por considerar o seu problema de difícil solução e ainda escolher um versículo, representando sua fé em Deus, que tudo pode.
Ele pode pegar uma pedra e uma rosa, o primeiro indica um problema que já teve e o segundo a vitória já alcançada, através da oração e do jejum.
- Para finalizar, façam uma oração de agradecimento pelos problemas já solucionados e façam uma intercessão pelas dificuldades apresentadas, enfatizando que eles(os alunos) também sejam tocados por Deus para que tenham ânimo diante da luta, assim como Daniel foi tocado pelo anjo para que fosse recobrada suas forças.
Observações:
- Se sua classe funcionar dentro da Igreja e não houver outro espaço para realizar a dinâmica com o material já descrito, sugiro que utilize figuras de pedras e de rosas, coloque-as dentro de uma cesta, acrescentando os versículos. E mesmo sentados, passem a cesta e façam o mesmo procedimento já descrito.
Ideia original desconhecida.
Esta versão da dinâmica por Sulamita Macedo.

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...